Cearense é uma das vítimas de desabamento de prédios no Rio de Janeiro

Itapajé: apreensão por porte ilegal de arma e três pessoas detidas por crime ambiental
14 de abril de 2019
Professor é morto a tiros em Chorozinho; testemunhas viram suspeitos interceptando carro da vítima
14 de abril de 2019

Um cearense morreu no desabamento de dois prédios na comunidade Muzema, na zona oeste do Rio de Janeiro. Raimundo Nonato Nascimento, de 40 anos, estava desaparecido em meio aos escombros dos edifícios desde sexta-feira última (12), quando o acidente ocorreu.

Na tarde deste sábado (13), o corpo de Raimundo Nonato foi reconhecido pelos familiares no Instituto Médico Legal (IML) do Rio de Janeiro. A identidade foi confirmada por meio das digitais. Até o momento, nove mortes foram confirmadas.

O cearense trabalhava atualmente no Rio de Janeiro como motorista de aplicativo.

 

 

Esposa e filhos 

 

A esposa de Nonato, Paloma, e seus quatro filhos – Luane, Isaac, Rafael e Pedro Lucas – também estavam desaparecidos desde o dia do desabamento dos prédios.

A mulher e o filho Rafael foram resgatados com vida ainda no sábado.

Os filhos de Nonato têm entre 3 e 15 anos.

 

Fonte: Diário do Nordeste

Atitude Online