Irauçuba: Prefeitura e Banco do Brasil adotarão medidas paliativas para reduzir transtornos causados pela explosão da agência local

Itapajé: Dimas Cruz dará Ordem de Serviço para construção de escola de 12 salas no Esmerino Gomes; obras paralisadas também serão retomadas
15 de maio de 2019
Irauçuba: Empresa de calçados infantis gerará até mil empregos formas em dois anos
15 de maio de 2019

Após ataque de criminosos que deixou a agência do Bando do Brasil da cidade de Irauçuba parcialmente destruída, o prefeito Raimundo Nonato Souza Silva visitou a superintendência estadual do banco para articular soluções que venham a diminuir os transtornos para a população, sobretudo para assalariados e pensionistas que recebem seus proventos pelo banco. Depois disso um técnico da instituição foi enviado à cidade e identificou locais onde devem funcionar provisoriamente um posto de atendimento e onde devem ser instalados três terminais de autoatendimento 24 horas.

 

O posto de atendimento temporário, onde a população poderá tratar de questões de ordem administrativa, deverá ser instalado em um imóvel localizado na Rua Pedro Domingues, próximo ao sindicato de trabalhadores rurais. Ainda será necessário autorização da Câmara Municipal de Vereadores para seção do imóvel e ainda pequenos serviços de reforma do prédio. O posto não trabalhará com transações em dinheiro.

 

Os terminais de atendimento 24 horas serão instalados no Posto de Combustíveis Irauçuba, próximo ao quiosque da Praça do Palácio Verde (Sede do Poder Executivo Municipal) e na Secretaria da Educação. Antes disso um contêiner de apoio onde serão realizadas as atividades bancárias de cunho administrativo será instalado e estará funcionando até a próxima semana.

 

A Prefeitura também terá reunião com os comerciantes da cidade que ainda não oferecem a possibilidade de transações comerciais através de cartão aos seus clientes para informa-los sobre as vantagens de adotar a venda através de maquinetas de cartão de crédito e débito. A modalidade de venda reduz a dependência de circulação de papel-moeda e ainda elimina a necessidade de que o empreendedor realize depósitos bancários do volume arrecadado com as vendas no cartão.

 

Caberá à direção do Banco do Brasil providenciar a reforma da agência para que volte a funcionar. Não há data para tal e é provável que a reabertura da agência demore meses.

 

O ataque ao banco ocorreu no dia 07 de maio. Criminosos armados explodiram a agência bancária e metralharam o posto policial da cidade durante a madrugada. De acordo com a Polícia Militar, o ataque ao banco aconteceu por volta das 3h30. Parte dos bandidos invadiu a agência e detonou os explosivos. Por conta da explosão, o interior da agência ficou destruído e a porta de vidro da agência, estilhaçada. O grupo ainda disparou diversas vezes contra o prédio da polícia, que fica a quinze metros do estabelecimento bancário.