Bebê sobrevive após grávida de oito meses levar 15 facadas do namorado em discussão

Ceará tem mais de 300 lixões ativos e requer investimentos no setor
28 de maio de 2019
Capitania dos Portos do Ceará abre vagas para cursos
28 de maio de 2019

A jovem grávida de oito meses que foi esfaqueada pelo namorado nesta segunda-feira (27), na cidade do Crato, no interior do Ceará, não corre risco de morrer, conforme a delegada que investiga o caso. A gestação continua e o bebê também está fora de perigo. A vítima segue internada com diversas lesões pelo corpo em um hospital da cidade, após levar cerca de 15 facadas.

Irirlane Nayara Lima foi golpeada com uma faca dentro de casa após uma discussão por causa de um celular com o namorado, que não é o pai da criança. O suspeito contou em depoimento que a ação foi motivada por ele está se sentindo ameaçado pela companheira. O homem foi preso em flagrante.

A delegada Carina Brito contou que a vítima foi esfaqueada e tem lesões por diversas partes do corpo. Contudo, nenhuma facada atingiu a barriga de Irirlane.

“Os médicos comentaram que foram facadas nas costas, nos braços. Ela está com as duas mãos lesionadas porque a todo momento ela protegia a barriga, porque ele falava que queria matar o filho. Com o instinto de mãe, a vítima conseguiu evitar o golpe na barriga. Ela tem lesão em todo corpo”, disse a investigadora.

A delegada acrescentou que, após visita ao hospital, foi informada que a mãe e o bebê estão fora de perigo. “A vítima é uma pessoa muito forte. Ela está fora de perigo, não corre o risco de morte. Da mesma forma o bebezinho dela”.

 

 

 

 

Tentativa de feminicídio

 

 

 

De acordo com a polícia, o suspeito informou em depoimento que, no domingo (26), o casal teve uma briga por causa de um celular e que a jovem queria o pagamento de um valor que ele devia. O homem foi até a residência da vítima e os dois discutiram. O suspeito pegou a faca e atingiu a grávida.

A jovem Irirlane Nayara foi socorrida pelo Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu) e encaminhada para o Hospital e Maternidade São Francisco de Assis, onde permanece internada.

A vítima tinha chegado há pouco tempo de Juazeiro do Norte, também no Cariri, com a mãe e um filho de outro relacionamento para morar com o namorado.

Após o crime, o suspeito tentou fugir, mas foi preso em flagrante no Bairro Lameiro, no Crato. Ele foi ouvido pela delegada e depois transferido para a Cadeia Pública de Juazeiro do Norte. O suspeito foi autuado pelo crime de feminicídio na forma tentada.

 

Fonte: G1/CE

Atitude Online