Ceni reclama do VAR e vibra com vitória sobre Cruzeiro: “Jogamos com alma e coração”

Enderson Moreira não descarta possibilidade de titularidade de Matheus Gonçalves e exalta Vasco
13 de junho de 2019
Adversário do Ceará, Vasco enfrenta greve de funcionários por falta de pagamento
13 de junho de 2019

Após a vitória do Fortaleza sobre o Cruzeiro, nesta quarta-feira (12), Rogério Ceni criticou muito o uso do VAR (árbitro de vídeo) na partida realizada na Arena Castelão. Para o técnico, o recurso não é utilizado com os mesmos critérios contra o time tricolor, que teve um jogador expulso nas três últimas partidas: Carlinhos (Athletico/PR), Osvaldo (Grêmio) e Nathan, contra a Raposa.

“É um investimento muito grande para colocar o aparelho aqui. Você tem uma aparelhagem dessas, mas para equipes como o Fortaleza, que vem subindo e não está constantemente na Série A, o VAR não tem justiça. Eu, como treinador do Fortaleza, não votaria pelo VAR. Contra o Grêmio, olhou o VAR uma vez e expulsou (Osvaldo). Hoje, em um lance claro de vermelho, o juiz escutou e não veio checar. Não teve um lance para o Fortaleza que tenha sido justo”, comentou.

“Estamos terminando muitos jogos com 10 jogadores e não dá mais. O Cruzeiro é favorito e passamos 29 minutos com 10. Perdemos para Athletico com 10 e para o Grêmio. O futebol é muito parelho para jogar com 10 vitórias no último ou penúltimo momento do jogo”, finalizou.

 

 

 

Fonte: DN