Zagueiro Bruno Uvini é oferecido, mas não agrada comissão técnica do Fortaleza

Ceará tem interesse na contratação do goleiro Walter, do Corinthians
17 de junho de 2019
Com goleada e golaços, Uruguai bate Equador na estreia das equipes na Copa América
17 de junho de 2019

Não é novidade que o Fortaleza prioriza a contratação de um zagueiro para reforçar o elenco. E o primeiro nome que surgiu na “intertemporada” que o clube vive (devido a parada da Série A do Brasileiro para a Copa América) foi o de Bruno Uvini, cria das categorias de base do São Paulo. O jogador foi oferecido ao Leão, mas as negociações não avançaram.

Uvini não estaria dentro do perfil de zagueiro que a comissão técnica procura. O jogador tem 28 anos, 1.87m de altura e atua há três temporadas no futebol da Arábia Saudita. Titular do Al Nassr, campeão saudita da temporada 2018/2019, o defensor jogou sua última partida neste ano em 16 de maio.

A diretoria executiva do Fortaleza nega que abriu conversas com representantes de Bruno Uvini, mas traçou o perfil do zagueiro que procura. “Queremos um jogador que seja bom na bola aérea, saia jogando rápido e tenha bom um contra um. Não é fácil de achar”, disse o executivo de futebol Sérgio Papellin.

O técnico Rogério Ceni revelou na última coletiva que concedeu que o perfil financeiro também conta muita na busca por esse defensor. O ex-goleiro ressaltou que cobra essa peça desde o começo da temporada.

“Se você me perguntar se eu tenho jogadores para indicar, digo que tenho um monte. Agora, se o Fortaleza tem condições de pagar? Não tem. Então nós temos que aguardar um jogador que me agrade e que seja razoável (financeiramente falando) para que o clube possa contratar”, disse Ceni.

A delegação do Fortaleza se apresenta dia 25 de junho e retoma os trabalhos com foco na Série A do Brasileiro.

 

 

Fonte: O POVO