Renato Gaúcho elogia André e prevê ‘briga de cachorro grande’ contra o Palmeiras

Ferroviário contrata atacante Hiltinho, ex-América/RN
2 de agosto de 2019
Projeto do São Paulo por Daniel Alves teve polêmica viagem de Raí à França e apelo emocional
2 de agosto de 2019

O técnico Renato Gaúcho não escondeu a alegria pela atuação do seu camisa 9, André, na noite desta quinta-feira (1º) no estádio Defensores Del Chaco. Alvo de recorrentes críticas por parte da torcida, o atacante marcou dois gols na vitória do Grêmio sobre o Libertad-PAR, por 3 a 0, pelas oitavas de final da Libertadores.

“Eu sei que nem deveria falar sobre o André, pois sempre defendi Sei das qualidades dele e sempre falei para vocês (imprensa) que ele iria nos ajudar bastante. Tenho certeza que agora ele vai tirar esse peso dos ombros e vai render mais. Ele precisava de uma atuação dessa. Eu particularmente fico muito feliz pelo André”, declarou.

O treinador também falou sobre a evolução do Grêmio após a pausa para a Copa América. Desde então, foram quatro vitórias e três empates, com as classificações para as semifinais da Copa do Brasil e para as quartas da Libertadores.

“Eu sempre falei que a parada da Copa América seria benéfica para o Grêmio, que tinha muitos jogadores lesionados. O Grêmio com todo o elenco à disposição cresce bastante e vem sendo assim nas três competições. O objetivo é continuar crescendo no Brasileirão. Por isso dei o parabéns para o grupo, que é maravilhoso, trabalhador”, afirmou.

Nas quartas de final da Libertadores, o Grêmio vai ter pela frente o Palmeiras. Perguntado se daria para fazer uma projeção sobre o duelo, Renato Gaúcho rasgou elogios ao adversário, mas acredita que ninguém é favorito.

“O Palmeiras é um dos grandes do futebol brasileiro, tem um dos melhores elencos, um grande treinador, mas o Grêmio é muito forte também. Vai ser um jogo pegado, muito disputado. Qualquer um pode passar, é briga de cachorro grande. Mas vamos pensar no Palmeiras só lá na frente. O foco agora é o Brasileirão”, finalizou Renato Gaúcho.