Cruzeiro: Rebaixamento, Libertadores e evitar pior 1º turno

Brasil x Peru: o que mudou no campeão e no vice da Copa América para o amistoso de Los Angeles
10 de setembro de 2019
Thiago Galhardo declara que grande fase no Ceará é fruto de Enderson: “cobra muito”
10 de setembro de 2019

Dezoito pontos em 18 rodadas, quatro vitórias apenas, aproveitamento de 33,3%. Esse é o Cruzeiro no Campeonato Brasileiro de 2019. Um time que começou a competição com ambição de brigar pelo título, mas que viu a realidade mostrar, neste final de turno, que a luta é contra o descenso. E os números mostram isso.

A situação é tão complicada e grave que o Cruzeiro chega à última rodada do primeiro turno, contra o Palmeiras, sábado, às 19h (de Brasília), na Arena Palmeiras, precisando somar mais dois pontos – ou seja, conseguir uma vitória – para não igualar o pior primeiro turno de sua história no Brasileiro de pontos corridos com 20 times, iniciado em 2006.

A pior campanha foi alcançada em 2016, com 19 pontos somados e com o time em 18º lugar. Atualmente, o time está em 16º lugar com 18 pontos, sendo que 10 foram conquistados com Mano Menezes, um com o interino Ricardo Resende e sete com Rogério Ceni.

Fonte: GE