Categorias

Apple se aproxima da marca de US$ 1 trilhão em valor na bolsa

A Apple anunciou na noite de terça-feira (31) uma alta de 32% nos lucros, a US$ 11,5 bilhões, no último trimestre, graças ao aumento do preço de venda do iPhone, e se aproximou da marca de 1 trilhão de dólares em valor de mercado na bolsa.

O volume de negócios aumentou 17%, a US$ 53,3 bilhões, em relação ao mesmo período do ano passado, devido especialmente à venda de iPhones, serviços on-line e acessórios.

“Ficamos felizes de anunciar o melhor trimestre concluído em junho da Apple e o quarto trimestre consecutivo de crescimento de dois dígitos na receita”, disse seu CEO, Tim Cook.

Ao mesmo tempo, a empresa chinesa Huawei superou a Apple no segundo trimestre em vendas de smartphones, um mercado liderado pela Samsung, de acordo com a empresa International Data Corporation (IDC).

A Samsung vendeu 71,5 milhões de unidades no período; a Huawei, 54,2 milhões; e a Apple, 41,3 milhões de iPhones.

As vendas de iPhones ficaram um pouco menores que o esperado, com um avanço de apenas 1% no período, mas o pequeno aumento da quantidade foi compensado na receita pelo preço mais elevado.

Isso foi atribuído ao lançamento em 2017 do iPhone 8 e do iPhone X, cujo preço inicial de venda ao público era de quase mil dólares.

Os resultados da Apple foram imediatamente reconhecidos pelo mercado: as ações subiam cerca de 3,96%, a US$ 197,83, nas negociações eletrônicas após o fechamento de Wall Street.

Assim, a Apple alcançou a marca de US$ 935,3 bilhões na Bolsa de Nova York, perto do valor de um trilhão de dólares de capitalização. Se alcançar esta cifra, será a primeira empresa a registrar a façanha.

Comentar Via Facebook

Comentários