Categorias

Colômbia encontra corpos que podem ser de jornalistas equatorianos sequestrados na fronteira

As autoridades localizaram quatro corpos no sul da Colômbia, sendo três que corresponderiam aos membros da equipe do jornal “El Comercio” de Quito assassinados no cativeiro por rebeldes dissidentes das Farc.

A equipe do “El Comercio” foi detida pelo grupo do ex-guerrilheiro Walther Arizala, conhecido por Guacho, quando realizava uma reportagem na fronteira, em 26 de março passado. Os três foram levados para o lado colombiano e acabaram mortos no cativeiro, como anunciou o governo em 13 de abril, baseado em fotos da execução.

A polícia “me informa que já são quatro os corpos recuperados no sul do país e que estão verificando sua identidade”. “O processo forense terminará amanhã em Cali”, revelou o ministro da Defesa, Luis Carlos Villegas.

Autoridades equatorianas e familiares do jornalista Javier Ortega, 32 anos, do fotógrafo Paúl Rivas, 45, e do motorista Efraín Segarra, 60, viajarão à Colômbia nesta sexta-feira para auxiliar na identificação.

O presidente colombiano Juan Manuel Santos informou que os corpos localizados pela polícia parecem ser dos três membros da equipe do El Comercio “sequestrados e assassinados por Guacho”, acrescentando que “estamos verificando sua identidade”.

Comentar Via Facebook

Comentários