Categorias

Com problemas de suspensão, desgate físico e contusões, Lisca ‘quebra a cabeça’ para montar o time

Não é de hoje que o técnico Lisca vem tendo que se reinventar para escalar o Alvinegro de Porangabuçu na Série A do Campeonato Brasileiro. Com a equipe tendo chances reais de sair da zona de rebaixamento já na próxima rodada, caso haja uma combinação de resultados, o Vovô sofreu com várias baixas no elenco até chegar aos atuais 24 pontos na tabela de classificação.

Conquistando sete pontos nos três últimos jogos, Lisca foi obrigado a mexer em pelo menos duas posições e, mesmo assim, o time seguiu com um bom padrão de jogo. As mudanças aconteceram porque alguns jogadores que vinham atuando como titulares foram suspensos, e outros vinham sofrendo com desgaste físico. Foi o caso do atacante Arthur, que fez boa partida contra o Corinthians, mas entrou apenas no 2º tempo do último jogo, contra o América/MG. Com isso, o técnico do Alvinegro se viu obrigado a mudar também o esquema de jogo, alternando do tradicional 4-3-3 para o 4-5-1 (contra o Corinthians) e o 4-4-2 (diante do América).

“O planejamento tático vem sendo bem feito. Tivemos mobilidade boa com o Felipe. Por ter três jogos na semana o Arthur ficou bastante desgastado e por isso tenho que deixar ele pra entrar no final e assim, mudar taticamente só no final do jogo”, explicou Lisca ao final da partida contra o América (MG). “No jogo contra o América eu não tinha um jogador de penetração após a saída do Leandro Carvalho. Porque o Quixadá, Pedro Ken e Arnaldo não são. Então eu precisava de um jogador assim e só tinha o Arthur no segundo tempo. Então tive que ir com o tinha”, completou Lisca.

Um dos atletas que passou por esse processo foi o atacante Juninho Quixadá, que precisou ficar de fora do jogo contra o São Paulo por desgaste físico. Titular nas últimas quatro partidas da equipe alvinegra, ele considera que o time não pode desviar o foco do próximo adversário, no caso o Vitória/BA.

“Na situação em que nos encontramos, temos que encarar cada jogo com muita importância. Precisamos dessas vitórias e o quanto antes. É um jogo importante (contra o Vitória), por ser um concorrente da gente. Temos que ter uma atenção redobrada para não acontecer o mesmo que houve com o Bahia”, disse Juninho Quixadá.

Próximo desafio

Agora, o técnico do alvinegro tem o desafio de planejar a equipe para o jogo contra o Vitória/BA, neste sábado, às 16 horas, na Arena Castelão. E para este compromisso, Lisca terá o retorno de duas peças importantes: o goleiro Éverson e o atacante Leandro Carvalho. Ambos cumpriram suspensão pelo terceiro cartão amarelo e retornam à equipe.

“Esperamos continuar com essa sequência boa. Não podemos ficar ansiosos. Temos que estar com a cabeça no lugar e focados no nosso objetivo”, disse o zagueiro Luiz Otávio.

 

 

Fonte: DN

Comentar Via Facebook

Comentários