Passageiros relatam pânico durante assalto a ônibus

Passageiros de um ônibus interestadual da empresa Guanabara, que fazia o trajeto Recife-Fortaleza, relataram ter vivido momentos de pânico durante assalto ao veículo na madrugada deste sábado (23). Segundo as vítimas, cinco homens que seguiam em uma caminhonete pararam o ônibus e anunciaram o assalto quando o ônibus passava pelo município de Goianinha, a 52 quilômetros de Natal, no Rio Grande do Norte.

Objetos pessoais das vítimas foram roubados pelo grupo. No fim da manhã, os passageiros desembarcaram na capital cearense.

“O grupo estava fortemente armado. Mandaram os homens descer para um canavial e as mulheres continuaram dentro do veículo. Levaram a mala da minha esposa com tudo”, relata o aposentado Marcelo Pereira.

O engenheiro Carlos Henrique conta que teve prejuízo de cerca de R$ 6 mil. “Foram momentos de pânico mesmo. Levaram meus equipamentos de trabalho, como notebook e celular, além da minha mochila com outros itens”, diz.

Em meio a choro, a autônoma Érica Silva comemorou que os suspeitos não levaram o celular dela. “Acho que eles tiveram medo de rastrear o celular. Minha mãe, que também estava no ônibus, estava muito nervosa. Mas, graças a Deus, pelo menos o celular eles deixaram. É meu instrumento de trabalho, meu sustento”, conta. Érica ainda diz que faz o trajeto de ônibus rotineiramente, mas nunca presenciou “uma ação como esta antes”.

Muito nervosa, a pernambucana Giselda Cardoso relata que ficou apavorada durante a abordagem criminosa.

“Eles [assaltantes] estavam com pistolas. Jogaram nossas roupas no chão. Eu fiquei paralisada, não consegui reagir”, diz.

 

 

O assalto

 

 

Conforme a Polícia Rodoviária Federal do Rio Grande do Norte (PRF-RN), o grupo que realizou o crime estava em uma caminhonete e parou o ônibus interestadual, que acabou tendo a rota desviada para um canavial às margens da rodovia BR-101.

Parte dos passageiros foi mantida no canavial por cerca de uma hora enquanto outras vítimas, incluindo o motorista, ficaram no ônibus. Na sequência, o grupo criminoso fugiu.

Ainda segundo a PRF, após serem liberados, o motorista do ônibus e os passageiros foram até o posto da PRF mais próximo, na cidade de São José de Mipibú, e lá foram orientados a prestar queixa do roubo na central de flagrantes da Polícia Civil, em Natal. Porém, de acordo com o engenheiro Carlos Henrique, “como eram 58 pessoas para realizar o boletim de ocorrência, fomos orientados a fazer na cidade de destino, Fortaleza”.

A PRF-RN fez buscas na área da rodovia, mas nenhum suspeito foi localizado até a publicação desta reportagem.

 

 

Empresa

 

 

Em nota, a empresa Guanabara confirmou a ocorrência do assalto e afirmou ter prestando toda a assistência necessária às vítimas. A companhia ainda lamentou o ocorrido e disse que irá prestar às autoridades competentes todas as informações necessárias para a elucidação do crime.

 

Caso em Fortaleza 

 

Um adulto e um adolescente foram capturados suspeitos de assaltar um ônibus, na manhã desta sexta-feira (22), no Bairro Montese, em Fortaleza

Segundo a Secretaria da Segurança Pública, Antonio Alaf Marinho Nascimento, 22 anos, com passagens por corrupção de menores e contravenção penal, e o adolescente de 16 anos, foram capturados na Rua Antônio Fiúza.

Com eles, os militares apreenderam uma faca utilizada para realizar a ação criminosa, quatro aparelhos celulares, uma carteira contendo documentos e um relógio.

 

 

Passageiros gritaram

 

 

Passageiros gritaram por socorro durante o assalto e o ônibus foi interceptado por uma viatura da Polícia Militar que passava pelo local.

“A gente começou a gritar, chamou a atenção dos populares da rua e eles pediram para a polícia parar.” relata um dos passageiros do ônibus, que preferiu não se identificar. A composição que atendeu a ocorrência pertence ao Comando de Policiamento de Rondas e Ações Intensivas e Ostensivas (CPRaio).

Ainda segundo a vítima, os assaltantes levaram seis celulares, uma carteira e um relógio dos passageiros. “Eles foram muitos violentos. Ameaçavam esfaquear quem não entregasse os celulares. Cada um deles estava com uma faca”, conta.

Os suspeitos e todo o material apreendido foram levados para a Delegacia da Criança e do Adolescente (DCA), onde Antônio Alaf foi autuado em flagrante por roubo e corrupção de menor. Para o adolescente, que já possuía um ato infracional por roubo, foi lavrado outro pelo mesmo motivo. Agora, eles se encontram à disposição da Justiça. Os pertences que foram roubados durante a ação foram restituídos às vítimas.

Fonte: G1/CE

Veja Também