Mutirão de prevenção do câncer de pele tem longas filas na capital Fortaleza

Longas filas foram registradas na manhã deste sábado (7) nas duas unidades de saúde que receberam o Mutirão de Prevenção do Câncer de Pele em Fortaleza. A ação foi realizada Hospital Universitário Walter Cantídio, no Bairro Rodolfo Teófilo e no Centro de Dermatologia Dona Libânia, no Centro.

O mês de dezembro marca a luta na prevenção contra o câncer de pele através da ‘Campanha Dezembro Laranja’, promovida pela Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) com o apoio de unidades de saúde de todo o país. O objetivo é aumentar o conhecimento da população sobre o câncer de pele, alertando acerca da prevenção, diagnóstico e tratamento da doença.

No Hospital Universitário Walter Cantídio, no Bairro Rodolfo Teófilo, a fila começou a se formar na madrugada, por volta das 4 horas. A cabeleira, Regina Lúcia Pereira da Silva, veio do Bairro Antônio Bezerra. Ela afirmou que chegou às 5 horas e já havia fila no local. Ela trouxe a neta, que apresenta manchas nas pernas. “Eu cheguei cedo, pois já sabia que ia ter muita gente. E tenho que conseguir uma consulta, já que para você conseguir uma nesta especialidade é muito difícil”, disse.

A aposentada Iva Ferreira da Costa também chegou cedo. Com uma macha no rosto, ela diz que consultas do tipo são demoradas nos postos de saúde e por isso foi ao mutirão. “Aí você vem para cá e passa por uma humilhação dessas”, reclama.

O balconista José Marques veio fazer exames para saber o que são os pigmentos que surgiram na pele dele. “Apareceram umas manchas aqui no braço e quero ver o que é. Espero ser atendido”, afirma.

Neste sábado, foram programados três mutirões de atendimento dermatológicos para a prevenção do câncer de pele no Ceará. Além do Hospital Universitário Walter Cantídio e no Centro de Dermatologia Dona Libânia, a ação ocorre também no Centro de Dermatologia e Doenças Infecciosas, em Juazeiro do Norte, na Região do Cariri.

Pacientes esperam atendimento no Centro de Dermatologia Dona Libânia, no Centro. — Foto: Reprodução/Sistema Verdes Mares

Fonte: G1/CE

Veja Também