Apesar dos apelos de vereadores de Tejuçuoca, Dimas afirma que não haverá flexibilização das barreiras sanitárias; “saúde pública é prioridade”

Na última terça-feira, dia 19 de maio, um grupo de vereadores do município de Tejuçuoca esteve em Itapajé para participar de audiência com o prefeito Dimas Cruz. No encontro o gestor itapajeense recebeu dos parlamentares da cidade vizinha ofício com solicitação para que haja uma flexibilização das barreiras sanitárias impostas pela administração municipal, que têm restringido a entrada de transportes de passageiros de outros municípios. O pedido foi motivado pela dificuldade que os moradores de Tejuçuoca, sobretudo os beneficiários do programa Bolsa Família e do Auxílio Emergencial do Governo Federal, têm em sacar esses recursos na lotérica e nos correspondentes bancários daquela cidade. Além dos saques na lotérica de Itapajé, essas pessoas teriam acesso aos serviços da agência da Caixa Econômica.  

 

Apesar de considerar justa a reivindicação, o prefeito informou que avaliaria o pedido levando em consideração a emergência em saúde pública vivenciada em Itapajé. As barreiras sanitárias foram impostas para reduzir o ritmo de contaminação pela COVID-19, e a diminuição no fluxo de pessoas de outras cidades é um fator primordial para o sucesso das medidas de enfrentamento à doença.  

 

Ao levar o assunto ao comitê de crise implantado para combater a COVID-19 no município, Dimas foi acompanhado pelos seus assessores, inclusive da área da saúde, na decisão de não flexibilizar as regras em vigor. Ao criar uma exceção para a população de Tejuçuoca, teria que tratar com isonomia o povo dos demais municípios da região que não dispõem de rede bancária e cujas casas lotéricas não têm fluxo de numerário suficiente para atender toda a demanda. Na prática isso tornaria sem efeito os esforços ora empreendidos. 

Dimas criticou autores de comentários equivocados, e até mesmo, agressivos nas redes sociais, postados por quem, erroneamente, entendeu que ao receber os vereadores da cidade vizinha estariam automaticamente concordando com o relaxamento das regras de quarentena. O gestor ‘alfinetou’ esses internautas dizendo que são os mesmos que criticaram a implantação das barreiras sanitárias. “Saúde pública é a nossa prioridade”, destacou. 

 

Veja Também


Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (0) in /home/wwfmat/public_html/novo/wp-includes/functions.php on line 4552