Ceará: criança engasgada com caroço de seriguela leva a família a suspeitar de COVID-19

Uma menina de seis anos foi transferida de Juazeiro do Norte para Fortaleza na manhã desta sexta-feira (7) após engolir um caroço de seriguela, no município de Cedro, na Região Centro-Sul do Ceará.

Segundo o médico Adriano Antunes, da Ciopaer de Juazeiro do Norte, que participou dos trabalhos de transferência, a criança sentiu falta de ar. Os problemas de ar persistiram por três dias e a família, desconfiando que poderia ser Covid-19, levou a menina ao hospital. A criança foi levada nesta quinta-feira (6) para Juazeiro do Norte e de lá, transferida para a capital. O médico afirmou que um problema viral, ou até Covid-19, foi descartado após a realização de uma tomografia, que revelou o caroço.

Devido à gravidade do problema, a menina foi transferida do Hospital Regional do Cariri (HRC) para o Hospital Instituto Doutor José Frota (IJF), no Centro de Fortaleza. A viagem foi feita em uma aeronave da Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (Ciopaer).

Fonte: G1/CE

Veja Também