Evento do Ministério da Saúde é autuado por descumprir regras no Ceará

Um evento realizado pelo Ministério da Saúde nesta sexta-feira (11) em Fortaleza resultou em autuação por descumprimento do decreto que proíbe esse tipo de encontro no Ceará.

Participaram o ministro interino da saúde, Eduardo Pazuello, e a ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves. Promovida no Centro Universitário Christus (Unichristus), a conferência Ações de Educação em Saúde em Defesa da Vida teve “aglomeração e pessoas circulando sem máscara de proteção”, segundo a Vigilância Sanitária.

Um decreto estadual publicado no final de agosto no Diário Oficial impede a realização de qualquer evento até 13 de setembro por causa da pandemia de Covid-19. Conforme determinação do governo do estado, eventos com até 100 pessoas poderão ser realizados a partir do dia 14 deste mês.

Em nota, o Ministério da Saúde disse ter informado ao governo do estado do Ceará e à Secretaria da Saúde do Ceará, com oito dias de antecedência, sobre a realização do evento. A pasta afirmou ainda que não foi avisada ou advertida a respeito de “qualquer impossibilidade de realização”.

A Unichristus deverá responder administrativamente por descumprir o decreto e por permitir a circulação de pessoas sem máscaras. 

Veja Também