Categorias

Ativista é preso após exibir pato em janela de apartamento em protesto na Rússia

Um ativista foi detido em São Petersburgo, na Rússia, após ter exibido um pato inflável da janela de um apartamento durante uma manifestação no mês passado.

O pato amarelo se tornou um símbolo da luta contra a corrupção na Rússia, depois que o líder oposicionista Alexei Navalny revelou que o premiê Dimitri Medvedev tinha construído uma casa luxuosa para patos em sua suposta casa de verão.

Artyom Goncharenko foi preso no domingo (25), segundo a imprensa russa. O incidente com o pato ocorreu em 28 de janeiro, segundo ativistas locais.

Goncharenko foi sentenciado a 25 dias por violar regras de reunião pública.

Redação JI  –  G1.com

Comentar Via Facebook

Comentários