Categorias

Como aproveitar as promoções da Black Friday

 

Dólar e bitcoins mais baratos, crédito com taxas menores e consultas médicas mais em conta. A Black Friday também traz promoções em diferentes setores da economia. Exemplo são as corretoras de câmbio, que aproveitam a data de hoje para antecipar a demanda por moeda estrangeira das viagens de fim de ano.

 

O setor de saúde e estética também está inserido na lógica da Black Friday, como é o caso da Magistral Medicina e Estética. A clínica tem promovido descontos de até 45% até o fim do mês de novembro em tratamentos estéticos. A previsão é de incremento de 20% em comercialização.

 

O mercado monetário é outro que integra as ofertas. A Confidence Câmbio disponibiliza redução dos preços em moedas em seu site até o dia 29 de novembro. O superintendente de varejo da agência, Juvenal dos Santos, explica que já é o quarto ano da Confidence Câmbio promove a Best Week, nome da semana de descontos da agência.

 

Já o Vai de Visa, programa de ofertas, promoções e benefícios para clientes dos cartões Visa, vai devolver R$ 80 direto na fatura de quem gastar R$ 800 ou mais em uma compra online, desde que pague com um cartão da bandeira. Mas o dinheiro volta apenas para compras em lojas virtuais das categorias companhia aérea, agência de viagens, supermercados, livrarias, departamento, eletrônicos, cosméticos, vestuário e esportes.

 

Também há bolsas com descontos. O programa Educa Mais Brasil, que trabalha com mais de 700 mil bolsas de estudo no País, oferece promoções de até 70% de desconto e inscrições gratuitas. As bolsas são válidas para cursos de graduação, pós, idiomas e até cursos técnicos.Ana Paula Santos, 38, já está aproveitando as promoções. A analista de Trade Marketing diz que não gosta de movimentação, e por isso ficou satisfeita com os shoppings antecipando a Black Friday. Neste ano, o objetivo dela é comprar um iPhone 7. “Pesquisei o preço antes e todos estão dizendo que (o celular) vai ficar mais barato agora”.

 

Já Fabrícia da Silva, 19, está com casamento marcado para janeiro de 2019, e planeja a vida de casada. Ela aguarda a data para comprar a televisão e o enxoval do quarto do casal, além das roupas para o casamento civil. A noiva tem pesquisado há quatro meses os preços dos produtos para não ser enganada por publicidades enganosas, a famosa “black fraude”.

 

Para prevenir fraudes, o Departamento Municipal de Proteção e Defesa dos Direitos do Consumidor (Procon Fortaleza) iniciou na terça-feira, 20, o monitoramento de preços de produtos mais pesquisados durante a Black Friday. O objetivo é identificar anúncios falsos de redução de preços na internet. A multa por publicidade enganosa pode chegar a R$ 11 milhões.

 

A dica é que o comprador verifique se o site cumpre com a lei do e-commerce. Para isso, é preciso conferir se as informações da loja física estão explícitas, como endereço com CNPJ. O site também deve alertar ao usuário sobre os prazos de devolução do produto e de arrependimento de sete dias, direito do consumidor em compras na internet. Por fim, o estabelecimento deve oferecer meios de troca e devolução da mercadoria.

 

A vendedora Gabriela Godim afirma que já viu várias lojas vendendo produtos pela ” metade do dobro”, mas diz que não saberia como denunciar em casos de fraude. Segundo ela, “o brasileiro ou faz escândalo na loja”, ou ignora a infração.

 

O Programa Estadual de Proteção e Defesa do Consumidor (Decon) explica que em casos de fraude ou propaganda enganosa de lojas, deve-se denunciar para o órgão por meio do site www.consumidor.org.br, para a Central de Atendimento pelo número 151 ou na sede do Procon Fortaleza, ao qual o Decon é vinculado. Existe ainda o aplicativo Procon Fortaleza, disponível para os sistemas operacionais IOS e Android.

 

Evite a “Black Fraude” 

1. Ao receber um e-mail, verifique se a empresa é confiável.

2. Verifique o endereço do site.

3. Prefira sites conhecidos.

4. Use somente seu computador e aplicativos originais.

5. Guarde comprovantes.

Fonte: O Povo

Atitude Online

Comentar Via Facebook

Comentários