Categorias

Encontro de Maria Bethânia e Zeca Pagodinho no palco ganha registro ao vivo em CD e DVD

Cantam os bambas que o samba nasceu no Interior da Bahia e que ganhou projeção nacional ao chegar ao Rio de Janeiro, então Capital Federal. Com um pé na História, Caetano Veloso referencia nos versos da inédita “Amaro Xerém” a identidade cultural do ritmo traçada desde as rodas do Recôncavo baiano, terra de Maria Bethânia, aos quintais do subúrbio fluminense das raízes de Zeca Pagodinho. Pela primeira vez juntos no palco, os dois artistas escolheram homenagear o lugar de onde vieram para cantar o Brasil, evidenciando de suas raízes a vocação para as festas populares, o sincretismo religioso e as desigualdades sociais.

O show intitulado “De Santo Amaro a Xerém” surgiu como uma possibilidade durante a visita da baiana ao bairro de Duque de Caixas (RJ) para a gravação do “Quintal do Pagodinho 3” em 2016. Dois anos depois, a dupla se juntou em turnê por algumas capitais do País, o que resultou no registro ao vivo em São Paulo disponibilizado deste sexta-feira (30) em CD e DVD.

 

 

Fonte: DN

Comentar Via Facebook

Comentários