Categorias

No Castelão, Fortaleza busca reabilitação diante do Ferroviário

Diante do Ferroviário, hoje, o Fortaleza tem a chance de apagar da memória do torcedor a atuação diante do Atlético-CE no último domingo. Na Arena Castelão, às 20 horas, Tricolor e Tubarão fazem o primeiro Clássico das Cores do ano, e os holofotes vão estar maiores para o desempenho do Leão em campo.

Isso porque a derrota para a Águia da Precabura – o primeiro revés do Fortaleza no Cearense 2019 -, levantou questionamentos sobre a evolução do time na temporada, mesmo tendo feito apenas seis jogos. Caso a equipe de Rogério Ceni não vença o jogo de hoje, desconfianças podem ser criadas sobre o time, principalmente depois de o técnico cobrar publicamente por contratações.

A partida para fazer análise mais precisa é justamente um clássico – no caso, contra o embalado Ferroviário. O clube de Marcelo Vilar ocupa a vice-liderança do Estadual com os mesmos seis pontos do Fortaleza, terceiro colocado. A vantagem coral está no saldo de gols: três, contra dois do Tricolor do Pici.

A posição da tabela, porém, pouco importa quando a bola rolar no Castelão. Independentemente da colocação, o Fortaleza precisa convencer o torcedor de que a equipe tem evoluído. Para isso, Rogério Ceni ainda não poderá contar com o atacante Osvaldo, que começou a treinar com o grupo na última terça-feira e aguarda regularização.

Em entrevista pré-jogo, o volante Paulo Roberto falou justamente sobre a possibilidade de evolução do time. “A gente vai melhorando jogo a jogo. É claro que quando a gente sofre um revés assim (contra o Atlético-CE), é complicado. Mas quando a gente ganha as partidas, também temos que ver o que fizemos de errado e certo para procurar evoluir. Melhorar com vitórias é muito bom”, garantiu.

O Ferroviário, por outro lado, tem nada com a situação do Fortaleza. O empate contra o Corinthians, que rendeu eliminação na Copa do Brasil, ainda não foi esquecido, e embora o Tubarão tenha perdido para o Floresta na sequência, o time já voltou a vencer no último fim de semana, contra o Barbalha.

Para enfrentar o Leão, o time coral não poderá contar ainda com o atacante Siloé, que está em fase de transição entre o tratamento e retorno aos treinos. O volante Robson Simplício é outro desfalque por lesão.

 

 

Fonte: DN

Comentar Via Facebook

Comentários