Categorias

Pesquisa afirma que bebidas diet podem estar relacionadas ao aumento de peso

Uma pesquisa realizada nos Estados Unidos testou cinco tipos de adoçantes artificiais: stevia, sucralose, tagatose, yacón em pó e xilitol. O objetivo era determinar como estes adoçantes se comportam em relação ao açúcar e se eles realmente poderiam ser benéficos como substitutos do açúcar convencional, com redução de calorias e menos riscos à saúde.

O estudo constatou que as bebidas do tipo diet, como os refrigerantes zero e outros tipos de bebidas adoçadas artificialmente, estão relacionadas ao aumento da gordura na região da barriga e ao consequente ganho de peso. Um grupo internacional de pesquisadores da Universidade de Manitoba revisou dezenas de estudos sobre os efeitos a longo prazo dos substitutos do açúcar, tentando verificar se havia uma tendência predominante.

O estudo descobriu que não só os adoçantes artificiais não contribuem para o controle de peso como as pessoas que fazem uso frequente desse tipo de adoçante demonstram um aumento do índice de massa corporal e risco de desenvolver doenças cardiovasculares.

Como resposta aos clientes, a PepsiCo disse que está reduzindo o uso de aspartame da Diet Pepsi e substituindo-o por sucralose, outro adoçante artificial comumente conhecido como Splenda.

Algumas pesquisas ainda relacionaram o consumo de refrigerante dietético com um maior risco de acidente vascular cerebral e demência. Ainda assim, muitos consumidores ainda acreditam que um refrigerante diet pode ser bom para a saúde.

Fonte: sitedecuriosidades.com

Comentar Via Facebook

Comentários