Categorias

Universo Eterno ou Criado?

Diz a primeira lei da Termodinâmica que a energia não pode ser criada, nem destruída. Então o Universo seria eterno, pois é feito desta energia indestrutível?

Porém a Bíblia afirma que o universo não existia antes de Deus  criá-lo. Estaria a Bíblia errada?

Na verdade, a Termodinâmica diz que, de acordo com as leis físicas deste universo que conhecemos, não há possibilidade de se criar ou destruir a energia nele contida.

A Bíblia diz que Deus criou tudo, inclusive o tempo (“No princípio criou Deus os céus e a Terra” – Gn 1:1). Esta  lei da Termodinâmica é uma lei de conservação da energia existente, independente de ser eterna ou ter sido criada!

Se o universo foi criado, essa lei não se aplicaria, pois não havia (tempo) passado. Tudo passaria a existir no mesmo instante : tempo, espaço e matéria (Gn 1:1 – “princípio”, “céus” e “terra”). Essa lei só entrou em vigor após a estabilização do espaço-tempo.

A primeira lei da Termodinâmica, de fato, ajuda é a provar que Deus criou o Universo (o que não é de se admirar, pois ela também é criação Sua!), pois a teoria do “Big Bang” mostra que o Universo teve um início (não é eterno), assim, o ‘nada’ não poderia criar energia do nada; muito menos uma quantidade tão espetacular capaz de causar uma explosão que mantém o universo expandindo após supostos bilhões de anos; e, daí, criar espaço e matéria.

“Pela fé entendemos que os mundos pela palavra de Deus foram criados; de maneira que aquilo que se vê não foi feito do que é aparente” (Hb 11:3).

Mais um exemplo de como Deus deixou um Manual, escrito por cerca de quarenta seres humanos inspirados por Seu Espírito, durante quinze séculos, e em perfeita harmonia e coerência; assim como deixou  Suas leis físicas tão sabiamente planejadas, criadas e conservadas em total harmonia!

De modo que temos dois “manuais” nos quais Deus Se revela: Sua Palavra (Bíblia) e a natureza (Universo e suas leis).

Esta última nos faz indesculpáveis:

“Porquanto o que de Deus se pode conhecer neles se manifesta, porque Deus lho manifestou.

Porque as suas coisas invisíveis, desde a criação do mundo, tanto o seu eterno poder, como a sua divindade, se entendem, e claramente se vêem pelas coisas que estão criadas, para que eles fiquem inescusáveis” (Rm 1:19,20).

 Rdo Bastos.

Comentar Via Facebook

Comentários